RESET NO TRABALHO

Por:Nicolai, G
Artigos

09

Maio 2020

 

RESET NO TRABALHO

É lícito e justo tentar retomar as atividades econômicas do país, de modo gradativo e contínuo. Embora isso não afaste a possibilidade real de um “LOCKDOWN” ou modifique os números atuais da doença, precisamos fazer o nosso melhor, a fim de mitigar a possibilidade de contágio do COVID-19 nas etapas de retomada dos negócios.

A seguir, seguem nossas sugestões técnicas, simples e diretas, sobre como dividir suas equipes de trabalho e propiciar um retorno gradativo.

As datas de início de cada etapa devem ser avaliadas com cautela, conforme especificidades de cada localidade, tipo de negócio e as recomendações dos órgãos de Vigilância em Saúde.

 

1ª ETAPA                           

Quem:

  • Colaboradores administrativos essenciais e que não podem fazer home office e que estão fora de Grupo de Risco;
  • Colaboradores operacionais essenciais, fora de Grupo de Risco;
  • Colaboradores que já tiveram o COVID-19 e estão recuperados (cujos exames confirmam imunidade e que estão fora de Grupo de Risco).

Como:

Divididos no maior número de turmas/turnos de trabalho, sem contato umas com as outras, conforme possibilidade de cada empresa;

O retorno deve considerar “a justa medida da necessidade produtiva”.

2ª ETAPA

Quem:

  • Todos os demais trabalhadores administrativos, fora de Grupo de Risco;
  • Todos os demais trabalhadores operacionais, fora de Grupo de Risco.

Como:

Priorizar ao menos 2 turmas/turnos de trabalho, separadas.

3ª ETAPA

Quem:

  • Todos colaboradores de Grupo de Risco (> 65 anos, gestantes e doentes crônicos afastados pela equipe de saúde).

Como:

Adoção da rotina de trabalho normal, sem necessidade de turmas / turnos diferenciados.

 

 

 


Compartilhe:

Assine nossa newsletter


Ed. Monterey Office - Av. Del Rey, 111 Belo Horizonte - MG CEP 30775-240

(31) 3471-9702

(31) 98288 7444

contato@gustavonicolai.com.br